Smart contracts

Por que o Ethereum torna os smart contracts ainda mais inteligentes?

Contratos inteligentes podem ser utilizados para programar todos os tipos de transações financeiras. Mas com o Ethereum suas aplicações podem provocar “disrupções impensáveis”.

Ethereum: entenda a nova estrela em ascensão

Por que o Ethereum torna os smart contracts ainda mais inteligentes?

Na última década, a criptomoeda Bitcoin atraiu todos os holofotes. Mas uma nova estrela entrou no jogo – o Ethereum.

Após a festiva aparição da criptomoeda, muitos especialistas afirmam que o “Bitcoin é apenas o primeiro aplicativo no blockchain apoiado pela internet”. Enquanto que o Ethereum e os contratos inteligentes são as próximas aplicações revolucionárias do blockchain.

Quando e como tudo começou?

Com certeza, você já ouviu falar da criptomoeda, moeda digital criada através do processo de criptografia, sem forma física e sem a interveniência de um banco central ou agência governamental.

Mas vale a pena salientar o que é e como surgiu o Bitcoin para descortinar a história do Ethereum. Há mais ou menos uma década, surgiu o Bitcoin, criptomoeda descentralizada que acionou um sistema econômico alternativo.

Como funciona na prática? O Bitcoin resume-se a dados na internet criados através de um livro digital compartilhado – o blockchain.

Quando ocorre uma transação, a operação é registrada em “blocos” e validadas por um número pré-determinado de computadores dentro da rede.

Qual a parte mais interessante disto tudo? Essas transações podem ser visualizadas por qualquer pessoa.

Logo, essa visibilidade abre um novo leque de possibilidades como confiança, segurança e autonomia nas transações financeiras.

Mas, o que mais chama a atenção é que todos esses requisitos plausíveis para uma boa relação comercial podem ser realizadas sem um intermediário.

No entanto, mesmo com a popularidade do Bitcoin, o Ethereum surge sob a determinação de não ser apenas uma moeda digital.

Vale destacar que a estrutura básica de como funciona a criptmoeda se aplica tanto ao Bitcoin quanto ao Ethereum.

Então, onde está o grande trunfo do Ethereum? Este algo a mais reside no seu objetivo. Ou seja, além de ser uma moeda – o ether – está predestinado  a transformar o conceito dos contratos inteligentes.

Tudo isso,  graças aos recursos adicionais que a sua plataforma oferece.

Por que Ethereum é diferente?

Como já mencionado, o Bitcoin é uma moeda digital e funciona principalmente como uma forma de pagamento.

Já a abordagem principal do Ethereum é funcionar como uma plataforma e permitir aos seus usuários criar e executar aplicativos e contratos inteligentes.

Então, finalmente, parece que chegamos ao objetivo deste artigo: explicar qual a relação dos contratos inteligentes com a plataforma Ethereum.

O contrato escrito em códigos

Então, já sabemos que o tem levado o Ethereum ao centro das discussões mais promissoras sobre a tecnologia blockchain.

Seu grande trunfo são os contratos inteligentes. Basta agora saber o que são estes contratos, para que servem e, se possível, para onde vão.

Como o próprio nome exprime, são contratos. O nome “contratos inteligentes” foi cunhado por um cientista da computação criptologista, Nick Szabo, já nos anos 90.

Segundo o cientista, um contrato inteligente é um software que contém regras e regulamentos para negociar os termos de um contrato.

Vale a pena parafraseá-lo: “um contrato inteligente é um protocolo de transação informatizado que executa os termos de um contrato”.


Neste contexto, um contrato inteligente tem as seguintes características:

– Auto-execução
– É Imutável
– Auto-verificação
– Economia de custo
– Remove terceiros ou agentes intermediários.


Mas, desde que Vitalik Buterin, em 2015, um programador canadense nascido na Rússia, inventou a Ethereum, passou a se falar cada vez mais em contratos inteligentes.

Mas o Ethereum eleva todas as probabilidades de sucesso destes contratos a se tornarem ainda mais inteligentes.

Simplificando o Ethereum:

Ethereum – um blockchain que registra todos os códigos executados como transações.
Ether – a criptomoeda que abastece o blockchain Ethereum.

E qual o recurso mais interessante de todos? A criação e execução dos contratos inteligentes que prometem revolucionar o modo como negociamos, compramos ou mesmo nos relacionamos.

Portanto, o benefício do Ethereum é que ele permite que uma forma alternativa de moeda digital seja usada, mas vai além disso ao oferecer recursos adicionais. 

Como contratos inteligentes podem ser ainda mais inteligentes? 

A princípio, o grande diferencial é que os contratos inteligentes não são escritos fisicamente ou em formato digital. Seu conteúdo está escrito em códigos no blockchain estruturados por instruções denominadas “if-then”.

O que são essas instruções? Elas permitem selecionar quais os comandos que serão executados dependendo de uma condição.

A partir disso, os termos do contrato são rastreados e armazenados publicamente no livro-razão, o que torna o conteúdo deste contrato inviolável.

Vamos para um exemplo prático. Por exemplo, digamos que você aluga um apartamento de uma empresa que usa Ethereum.

Um contrato inteligente é gerado e, assim que você entrega o valor acordado, o sistema envia automaticamente uma chave digital para desbloqueio da sua aquisição.

Todo este processo é realizado na plataforma blockchain e todos podem ver o que foi feito. Em que isso implica, ou melhor, traz para as negociações?

Em primeiro lugar, segurança, visto que o sistema impede que terceiros alterem qualquer dado. Além disso, os dados estarão sempre disponíveis porque são executados em software de código aberto.

Isso tudo, porque inclui uma linguagem de programação que permite a criação de aplicativos descentralizados e a capacidade para gravar transações de ativos financeiros, imobiliários, entre outros.

Em vista disso, a plataforma Ethereum é vista como uma das principais e mais vigorosas ferramentas tecnológicas que têm o potencial de trazer melhorias a todo sistema econômico.

Como seria possível abdicar do intermediário?

O uso da criptografia e uma rede de computadores que rastreiam ativos e protegem contra adulterações oferece as duas partes envolvidas a garantia absoluta que a transferência de ativos acontecerá conforme o acordado.


Mas apesar de toda esta tecnologia é preciso salientar que os objetivos gerais são satisfazer condições contratuais comuns, mas de forma mais econômica, sem a intervenção de terceiros que costumam onerar os processos. 


E é exatamente isto que o Ethereum permite fazer ao alinhar sua tecnologia ao conceito do contrato inteligente, destacando-se como um mecanismo que remove intermediários e serviços de garantia.

Ou seja, quando o código centralizado desse contrato inteligente é descentralizado para fins de execução no blockchain da Ethereum, ele se torna um contrato ainda mais inteligente.

Conclusão

Esses códigos de contrato podem ser utilizados de muitas formas, como a transferência de dinheiro quando certas condições são atendidas ou a troca de mercadorias entre as partes.

Muitos aplicativos já estão sendo desenvolvidos na plataforma do Ethereum. As aplicações são inúmeras, desde sistemas de votação, financeiros,  imobiliários, contábeis e, inclusive, crowdfunding.

Assim como plataformas para artistas venderem suas obras. Emfim, os entusiastas dizem que possibilidades são inesgotáveis.

O que se sabe até aqui? Que atualmente a maioria das pessoas precisam confiar em terceiros, instituições bancárias e sistemas legais para obterem segurança em quase todas as suas operações de rotina.

No entanto, um novo sistema acena com alternativas que podem trazer uma perspectiva mais autônoma e menos onerosa para todos.

Além do mais, qualquer pessoa pode usar a plataforma Ethereum para desenvolver tudo e qualquer coisa que a tecnologia blockchain pode oferecer. E isso, no mínimo, parece cativante e transformador.

Fontes:

https://medium.com/@creole/7-a-simple-view-of-ethereum-e276f76c980b

https://coinsutra.com/smart-contracts/

  • Readers Rating
  • Rated 4.6 stars
    4.6 / 5(4 )
  • Your Rating


Sobre o autor

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.